Sábado, 17 de Março de 2007

Anoiteceu

Trabalho de dia, penso à noite

Cercado de mar e  montanhas

De cânticos das cigarras

Do barulho do mar

Das estrela solitárias...

Sozinho , vejo , às vezes,

Barcos parados no cais

Com velas  viradas a norte

Inchadas pelo silêncio de  morte.

Sou um barco, assim , parado

Esperando um novo sopro

De vento, de sol e de sorte.

Sozinho, vejo ,às vezes,

O beijo  triste do mar no sol

Num fim de tarde que ,ainda ,não é noite

Numa noite que ainda é tarde.

Palavras! Somente palavras.

Anoiteceu ,

Palpitante de sonhos

A lua chegou.

 

publicado por templum às 21:10
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Anónimo a 31 de Março de 2007 às 23:46
Tens o mar, as estrelas e o luar
E de manhã o Sol há-de brilhar....

beijos
Manela

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Solidão

. ESPERO...

. OU...

. Se...

.

. ...

. À Minha Mãe

. PALAVRAS

. EXORTAÇÃO

. Agosto da minha infância

.arquivos

. Outubro 2008

. Janeiro 2008

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds