Domingo, 1 de Abril de 2007

Elogio do Amor

 


Hoje, pelas escadas íngremes da vida

Alguém segredava palavras,

Palavras que ouvi, amorosas .

Loucos como são, os homens !

Segredam (nada mais escandaloso !)

Amores e palavras amorosas.

Não têm medo, odeiam estas palavras !

Amor, o que é ?

Palavra oca e sem sentido,

Escrita em todos os lugares,

Ditada - em voz ditadora -

Pelos senhores dos púlpitos,

Pela prostituta, nos haréns,

Por todos ... sem sentido.

Se o amor é isto, então basta !

Eu não amo, só lhe ouço o eco

Vindo de longe ...de muito longe !

Ah! Se eu amasse !

Se o mundo fosse amor !

Pobre do homem, pobre de mim

Insignificante e reduzido seria,

Como o sentido desta palavra !

Já está gasta !

Inventem outra

Para os segredos amorosos,

Porque esta já está velha,

De tanto ser usada em nada.

Já não há amor na palavra amo-te !

Já não há amor na palavra AMOR !

publicado por templum às 15:22
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Anónimo a 1 de Abril de 2007 às 16:00
Esse Amor de que falas
banalizado, vulgar, sem sentido...
Tens razão , não é amor....
Mas há um outro ....
Em que que acredito:
"Amor Incondicional"
Que não se proclama, que cresce silencioso. que nada exige, que não reclama, que tudo dá em troca de nada, esse sim, é o verdadeiro Amor.

beijinhos
Manela
De Digomes a 2 de Abril de 2007 às 12:18
Não será que a própria expressão Amo – te supõe a expressão “para sempre”, porque? Para sempre!? Não será demais? Se nunca estas disposto (a) a entregar te inteiramente a essa pessoa! Podes pensar que estas, sim claro, mas la no fundo, bem fundo, não estas! Mais vale a sinceridade de dizeres um simples Gosto de Ti, sinto me bem ao teu lado…

Este é o minha opiniao em relaçao a palavra Amo-te!!!

Mas em relaçao a ti, posso dizer que te amo...Pai, pois sei, sinto, que será para sempre...

Beijos
Tua Di...

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Solidão

. ESPERO...

. OU...

. Se...

.

. ...

. À Minha Mãe

. PALAVRAS

. EXORTAÇÃO

. Agosto da minha infância

.arquivos

. Outubro 2008

. Janeiro 2008

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds