Domingo, 1 de Abril de 2007

A minha filha


 

Por Ti

 

Por  ti ,  serei  capaz

De  olhar as  estrelas todos  os  dias

E esquecer-me  de  mim.

Por ti , serei  capaz

De  contar todas  as areias do deserto,

Até  ficar louco.

Por  ti , serei  capaz

De  morrer no rio impávido  e  sereno

Que  passa  na  minha  montanha ,  

Mesmo  que  meu  corpo  não desse  à  foz.

A ti…

A  ti  daria  tudo

Farei  tudo  para  te  ter.

A  ti  daria  tudo

O meu amor e o meu Ser.

 

Por ti ,  faria  tudo

Por ti , morreria

Se  tal  fosse  preciso

Mas , … repara, só  por  ti ,

E por mais  ninguém , minha  Filha.

publicado por templum às 17:02
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Digomes a 1 de Abril de 2007 às 20:57
É LINDO PAI...
eu adoro te imenso, tu sabes bem disso, e tenho um enorme orgulho em ti...
beijos grandes

p.s.: esse ja é meu!!!
De templum a 1 de Abril de 2007 às 23:22
O poema e o quadro.
Beijosss. Adoro-te.
De Digomes a 2 de Abril de 2007 às 12:14
O Poema, o Quadro e o PAI...eheh

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Solidão

. ESPERO...

. OU...

. Se...

.

. ...

. À Minha Mãe

. PALAVRAS

. EXORTAÇÃO

. Agosto da minha infância

.arquivos

. Outubro 2008

. Janeiro 2008

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds