Terça-feira, 27 de Fevereiro de 2007

Saudade 2

 

   Sentei-me à mesa de trabalho e voei em pensamentos para ti. E os olhos, os meus olhos molhados, cerraram na tua visão.

   Esperei. Esperei por ti amor e não vieste. Deixei-me adormecer  no teu ar angélico, na tua ternura, nos teus beijos húmidos, nas tuas mãos aveludadas e macias  acariciando meus cabelos.

   Adormeci, amor ! E quando acordei lá estavas tu. A tua imagem , que nem conheço, que só invento. O teu ar meigo, o teu perfume a mulher e os teus olhos...os teus olhos lindos fitando a minha alegria de te ver.

   Abri a janela e um ar fresco entrou. Gritei: " É dia ,amor ! "

   Porém, não estavas aqui e voltei à melancolia do dia a dia. Imaginei, mais uma vez, os teus beijos, a tua sensualidade e o teu ar meigo com o qual adormeci.

   Quando vens  , amor ?

publicado por templum às 13:44
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Solidão

. ESPERO...

. OU...

. Se...

.

. ...

. À Minha Mãe

. PALAVRAS

. EXORTAÇÃO

. Agosto da minha infância

.arquivos

. Outubro 2008

. Janeiro 2008

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds