Sexta-feira, 4 de Maio de 2007

PALAVRAS

 

Numa flor o teu perfume.

No céu o teu rosto.

No sol os teus cabelos.

E no mar o teu corpo.

                   No vento

                   Os ais do meu queixume

                   E as lamúrias dos meus apelos

                   Por ti, imaginação do meu desgosto!

Mas,

Nas ondas azuis desfeitas na praia,

Em brancos mantos de sonhos,

A areia ao mar contará um dia

Que amor e sonho são enganos!

                  E quando o vento voltar,

                  A estas praias um dia,

                  Dirá somente baixinho

                      Que amar é palavra muda e fria!                         

 

publicado por templum às 17:57
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PALAVRAS

.arquivos

. Outubro 2008

. Janeiro 2008

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds